TERRA ” O SEGREDO ESTÁ EM NOSSAS MÃOS – Sr. Rodrigo Rossato

TERRA ” O SEGREDO ESTÁ EM NOSSAS MÃOS – Por Rodrigo Rossato

o segredo esta em nossas 300x169 - TERRA " O SEGREDO ESTÁ EM NOSSAS MÃOS - Sr. Rodrigo Rossato

AgroPrecision: a busca constante pela excelência em tecnologia para auxiliar o agricultor

No ano de 2005 iniciava no município de Cruz Alta, a busca por resultados que pudessem gerar alto impacto ao produtor rural. Assim nascia a “Aptec Tecnologias Agrícolas”. A empresa atuou por dois anos com esse nome e, nesse período, conquistou uma gama de clientes, pela seriedade e comprometimento com o trabalho realizado. No entanto, somente a seriedade e comprometimento já não eram mais o suficiente. Era preciso inovar, atualizar seus serviços e ir ao encontro da excelência em produtividade e rentabilidade que o agricultor almejava. Dessa forma, em 2007, nasceu a AgroPrecision -Agricultura Inteligente.

A responsabilidade técnica, a constante evolução tecnológica e o compromisso com a veracidade das informações geradas, são os valores de uma empresa que busca ser referência no agronegócio com foco na qualidade, satisfação dos clientes e colaboradores. Desde então, a AgroPrecision está em constante evolução na qualidade dos seus processos, a fim de torná-los cada vez mais precisos e assertivos, afinal, transformar tecnologia e informação em alta rentabilidade e produtividade é o que move a empresa.

Através de diversos serviços oferecidos, a AgroPrecision tem a missão de viabilizar soluções qualificadas, inteligentes e sustentáveis para a evolução do agronegócio e das pessoas.

Mapeamento da Fertilidade do Solo: uma alternativa para a rentabilidade na lavoura

O mapeamento de solo tem como premissa respeitar os processos de qualidade de amostragem a partir de equipamentos automatizados e calibrados para garantir que o número de subamostras sejam representativas com o objetivo da amostra de solo representar a fertilidade do local em questão. Dessa forma, a eficiência na utilização de um fertilizante ou corretivo é melhorada, gerando assim, o aumento do potencial de produtividade das áreas que recebem este tratamento.

Aplicação em Taxa variável como forma de aumentar a eficiência nas lavouras

Diferentemente de algumas estratégias utilizadas na agricultura, onde o objetivo é trabalhar com médias, como a adubação da lavoura, pulverização, população de plantas e de rendimento, a aplicação em taxa variável na Agricultura de Precisão considera a variabilidade espacial da fertilidade do solo e prescreve a taxa de insumos de acordo com a necessidade de cada subárea específica e potencial produtivo.

A aplicação em taxa variável oferece uma gama de benefícios para quem investe nesse serviço. Dentre eles destacam-se o aumento da eficiência na utilização de corretivos e fertilizantes evitando desperdícios, promovendo um menor impacto ambiental, além, é claro, de aumentar a produtividade, gerando rentabilidade, para isso os equipamentos da empresa contam com diferenciais importantes frente a concorrentes do mercado.

48 300x200 - TERRA " O SEGREDO ESTÁ EM NOSSAS MÃOS - Sr. Rodrigo Rossato

Taxa Variável de Semeadura

A utilização de taxa variável de semeadura potencializa a capacidade produtiva de cada área, adequando o melhor ajuste de número de plantas por hectare. Este ajuste pode ser feito em taxa fixa ou variada conforme análise criteriosa dos mapas de fertilidade, potencial produtivo e particularidades regionais.

Pulverização Inteligente: uma garantia de aplicação sem desperdícios

Após anos de experiência em Agricultura de Precisão, a empresa desenvolveu a Pulverização Inteligente, um sistema que permite que, ao longo do desenvolvimento da planta, possa ser realizada a aplicação de doses exatas de defensivos nos locais corretos. Ou seja, a pulverização inteligente é um sistema em taxa variável que visa distribuir as doses aplicadas de acordo com as necessidades da lavoura.

Assim os agricultores podem então, contar com um sistema que permite aplicar as doses certas de defensivos com exatidão e sem desperdícios.

Agricultura de Precisão aliada ao Mapeamento da Colheita

Através do mapeamento da colheita, o agricultor consegue armazenar informações relativas à produtividade, identificar zonas de baixo potencial produtivo, criar um histórico de mapas de colheita, assim como coletar dados sobre umidade, elevação, velocidade de colheita e perdas de grãos, além de fazer o georreferenciamento desses dados coletados adicionando as características da safra colhida.

Para o agricultor, é fundamental identificar as áreas da lavoura que respondem à melhor gestão da tecnologia. Por exemplo, algumas áreas de baixo rendimento podem apresentar maior produtividade se as doses de fertilizantes forem corrigidas conforme necessidade, enquanto outras áreas com a mesma característica podem ter respostas diferentes em razão da qualidade física, química e biológica de solo, isto só é possível ser verificado com o auxílio do mapeamento de colheita.

Área experimental AgroPrecision

Para ter maior assertividade, testar produtos, ter dados de estudos próprios, avaliar métodos de adubação e manejo, a AgroPrecision vem desenvolvendo diversas pesquisas em sua própria área experimental, localizada a cerca de 10km do município de Cruz Alta com mais de 110 tratamentos distribuídos numa área de 70.000 metros quadrados.

As pesquisas realizadas na área terão um prazo de condução de, no mínimo, de 3 anos para que possam ser avaliados de forma precisa todos os manejos aplicados em cada parcela. Com esse estudo realizado em longo prazo é possível avaliar com mais detalhes os manejos diferenciados de cada tratamento e, assim, fornecer ao agricultor informações de qualidade e com mais confiança.

soil kenya 640x400 300x188 - TERRA " O SEGREDO ESTÁ EM NOSSAS MÃOS - Sr. Rodrigo Rossato

“A ideia de utilizar esse período é para ver o crescimento do tratamento que será aplicado e para acompanhar o desenvolvimento que terá ao longo do tempo. Inicialmente vamos nos deter em pesquisar sobre questões que envolvam a produtividade da cultura, mas futuramente vamos expandir nossas pesquisas e possivelmente o período de estudo passará dos três anos”– explicam os Engenheiros Agrônomos, Leonardo e Rodrigo Rossato.

Rodrigo Rubin Rossato

Engenheiro Agrônomo e Mestre em Ciências do Solo

Agricultura de Precisão –

Conheça o Autor AQUI

 

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *